A poluição do ar põe em risco bebês

Um estudo descobriu os efeitos do ar poluído em recém-nascidos.

- Os bebês recém-nascidos cujas mães respiravam ar poluído antes do parto têm mais chances de receber tratamento intensivo, de acordo com pesquisa da rede de Institutos Nacionais de Saúde (Estados Unidos).

Os cientistas descobriram que, quando a mãe respira ar poluído nas semanas antes do nascimento, as chances de o bebê ser internado na unidade de terapia intensiva aumentam entre 4% e 147% .

O resultado deste trabalho (em inglês) ocorre após a análise de mais de 233.000 entregas em 12 clínicas nos EUA durante o período 2002-2008, combinadas com uma análise exaustiva das partículas poluentes no ar, como a fumaça do carro, por exemplo. Os especialistas prestaram atenção especial às duas semanas antes e após o parto.

Devido a essa descoberta, os especialistas recomendam limitar o tempo de exposição das mulheres grávidas a ambientes onde o ar está poluído, de acordo com Pauline Mendola, diretora do estudo. A equipe de pesquisa detalha que partículas poluentes no ar, como monóxido de carbono, dióxido de nitrogênio ou dióxido de enxofre, causam inflamação e prejudicam o crescimento de vasos sanguíneos, especialmente na placenta, vitais para fornecer oxigênio e nutrientes para o feto

Até agora, os cientistas haviam encontrado relações diretas entre a deterioração da saúde dos recém-nascidos e a contaminação do ambiente em que estavam grávidas, bem como o aumento do risco de sofrer doenças como diabetes gestacional ou pré-eclâmpsia, um distúrbio que Afeta a pressão arterial durante a gravidez.

Phil Jones
Etiquetas:  Saúde Glossário Notícia 

Artigos Interessantes

add