O exercício excessivo pode ser prejudicial

Cientistas brasileiros mostraram probabilidades de fibrose cardíaca e gordura hepática.

- Um estudo da Universidade de São Paulo, Brasil, indicou que a prática excessiva de exercício pode causar danos a vários órgãos.

As consequências do excesso de treinamento ou excesso de esporte no humor têm sido investigadas há duas décadas, uma vez que se considera que as proteínas liberadas podem causar depressão, insônia ou baixa imunidade. Além disso, pesquisadores da Universidade de São Paulo acreditam que o exercício em níveis excessivos pode dificultar a absorção de glicose pelos músculos. Isso causa um aumento no metabolismo do coração e do fígado, por sua vez, que aumenta os níveis de gordura que podem desencadear doenças como diabetes e cirrose, entre outras, conforme explicado pela Agência Brasil (em Português) que apresentou os resultados da investigação.

Embora existam múltiplos benefícios derivados da prática do esporte e sempre que novas indicações para o exercício sejam descobertas, como o combate à demência, este estudo brasileiro enfoca especificamente os danos. O objetivo é apenas descobrir os perigos do abuso de certas práticas esportivas para encontrar equilíbrio. Os cientistas recomendam uma prática regular e moderada com períodos entre 24 e 48 horas de descanso, para que o organismo possa se recuperar.

oneinchpunch
Etiquetas:  Sexualidade Notícia Bem estar 

Artigos Interessantes

add